Por Gustavo Martins-Coelho

20150706

Ainda existem trinta milhões de escravos no mundo: trabalhadores forçados, prostitutas forçadas, crianças-soldado, meninas obrigadas a casamentos combinados e outras formas de propriedade do ser humano pelo ser humano. O mapa apresenta a proporção da população de cada país que se encontra escravizada. O país com a mais elevada proporção é a Mauritânia — 4%.