Por Gustavo Martins-Coelho


Ser adulto
é aceitar que a realidade
é diferente do que idealizámos
e viver acomodado a esse rio de diferença,
sem procurar cruzar a ponte que o atravessa.